segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

A NICOTINA É UM PODEROSO REMÉDIO P / O CÉREBRO.

No exemplar de 22 de setembro de 1995 da revista Science, pesquisadores do Columbia-Presbyterian Medical Center publicaram um artigo revelando o mecanismo de ação da nicotina no sistema nervoso central (SNC)      A nicotina induz à liberação do neurotransmissor glutamato, que é um neurotransmissor excitatório envolvido na plasticidade sináptica, sendo esta uma das possíveis causas para o efeito da nicotina em melhorar a memória.
Dois anos mais tarde, dois cientistas do National Institute of Environmental Health Sciences, em Washington D.C., descobriram que estes receptores, no hipocampo, estão associados aos processos de aprendizado e memória. Os cientistas também elaboraram um mecanismo molecular que pode ajudar a explicar algumas patologias, como algumas formas de epilepsia, doenças de Alzheimer e Parkinson, dependência de nicotina e depressão. Seu trabalho foi publicado, em 1997, no Journal of Physiology.
As ações da nicotina se fazem fundamentalmente através do sistema nervoso autônomo. Ocorre uma resposta bifásica, em geral com estímulo colinérgico inicial, seguido de antagonismo dependendo das doses empregadas. Pequenas doses de nicotina agem nos gânglios do sistema nervoso autônomo, inicialmente como estímulo à neurotransmissão e, subsequentemente, como depressor. O uso de altas doses de nicotina tem rápido efeito estimulante seguido de efeito depressor duradouro possivelmente tóxico.

O CIGARRO COMBATE O MAL DE ALZHEIMER.

Demonizado pelos politicamente corretos,  nunca se poderia esperar que alguém, algum dia viria redimir o cigarro. Mas foi o que aconteceu: diversos pesquisadores afirmam que os fumantes apresentam menos casos de Mal de Parkinson e Mal de Alzheimer.  A nicotina ofereçe alguma proteção contra toxinas do ambiente, que se acredita desencadear o Mal de Parkinson. Estudos mostram que OS FUMANTES TÊM CHANCES 50% MENORES DE DESENVOLVER ESSAS MOLÉSTIAS.
A explicação poderia estar nos receptores de um neurotransmissor chamado acetilcolina, que podem ser estimulados pela nicotina e que se esgotam em pacientes dessa doença. Pesquisas  da década de 80 indicaram que QUEM FUMA TEM RISCO 70% MENOR DE ADQUIRIR O MAL DE ALZHEIMER.  No entanto, por pressões dos politicamente corretos as gigantes da indústria farmacêutica como as empresas Marion Merrell Dow e Ciba-Geigy disseram não ter nenhum interesse em pesquisar a nicotina.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Ejaculação retrógrada, O que é isso?

Você sabia disso?

Durante uma relação sexual o sêmen é lançado para fora do corpo. Quando o corre o inverso,isto é, em vez de sair pela uretra toma a direção da bexiga ocorre o inverso e se chama de ''ejaculação retrógrada''
Normalmente durante a ejaculação a bexiga fecha sua saída (colo visical) impedindo que  o liquido seminal invada  seu  interior fazendo com este saia pela uretra na extremidade do pênis. São vários os fatores que causam a ejaculação retrógrada ,mas,  o mais comum é o uso de medicamentos continuados contra pressão arterial e beta bloqueadores da próstata.

CEGUEIRA DELIBERADA/LULA E DILMA?

Lula inaugurou  o ''eu não sabia'' no mensalão.Os dois maiores esquema de corrupção  do país prosperaram nos seus dois gove...