quarta-feira, 15 de julho de 2015

O COMUNISMO, A FONTE DO MAL QUE DOMINA O BRASIL.

Gramsci  o estrategista comunista que influencia o PT e os intelectuais da esquerda do Brasil propugnava que valores culturais da burguesia deveriam  ser contestados e apontados outros, mais de acordo com a visão das classes dominadas  e que permita a ascensão destas.O mesmo deve ocorrer com valores morais e éticos, de modo a neutralizar as trincheiras burguesas. O JUDICIÁRIO TEM QUE SER CRITICADO EM SUAS DECISÕES LEGALISTAS e incentivado a adotar decisões “sociais” (daí a origem da terminologia CRIMINALIZAÇÃO) ignorando os dispositivos legais. Pressão deve ser exercida nas decisões que possam prejudicar o partido, seus membros e simpatizantes independente das cominações legais a que estiverem sujeitos. As casas legislativas devem ser objeto de constante crítica e desmoralização, enquanto os representantes do partido “proletário” surgiriam como únicos acima das críticas. AS FORÇAS ARMADAS DEVEM FICAR SOB CONSTANTES CRITICAS E TÊM QUE SER VISTAS COMO DESNECESSÁRIAS, PERDULÁRIAS, IGNORANTES E DITATORIAIS.

AS POLÍCIAS SERÃO SEMPRE ACUSADAS DE TRUCULENTAS, VIOLENTA E CORRUPTA, ENQUANTO A MARGINALIDADE DEVE SER ALVO DA PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS E DA TOLERÂNCIA por pertencer à classe subalterna. Se o bandido age à margem da lei é apenas por falta de opções, sendo a marginalidade fruto, pois, da injustiça social e da exclusão burguesa. Nada mais justo, pois, que os burgueses sofram na pele, sem reclamar, o castigo de serem “expropriados” de seus bens, e até às vezes “justiçados” pelos “excluídos”.

A Igreja Católica deve ser lembrada por suas falhas, como a pedofilia, a riqueza e o alinhamento com a aristocracia. Não se deve falar nas suas qualidades. Os padres “socialistas” devem serem tratados como santos, exaltados como portadores de todas as virtudes. As minorias têm de ser despertadas para a marginalização a que foram sujeitas e insufladas à vingança contra a dominação burguesa, qualquer minoria, sejam raciais, étnicas ou sexuais.

Todo o sistema capitalista têm ser demonizado: os fazendeiros como latifundiários exploradores de mão de obra escrava, depredadores da natureza; os industriais como gananciosos apropriadores da mais valia e sonegadores; os banqueiros como parasitas especuladores; os órgãos de imprensa como vendidos ao capital nacional e estrangeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOVERNO PRÓ BANDIDO

''Nunca se deve deixar que aconteça uma desordem para evitar uma guerra, pois ela é inevitável, mas, sendo protelada, resulta em tua...