quinta-feira, 23 de julho de 2015

A LEI DO COMUNISMO; MATAR OPOSITORES.

A imposição da “ditadura do proletariado” nas cidades conquistadas ou retomadas passava pelas mesmas etapas: dissolução de todas as assembleias eleitas anteriormente; interdição de todo o comércio - medida que acarretava de imediato a elevação dos preços de todas as mercadorias, seguida de seu desaparecimento; confisco de empresas, estatizando-as; imposição à burguesia de uma contribuição financeira muito elevada . Para garantir a boa execução dessa contribuição, centenas de “burgueses” serão  feitos reféns e encarcerados em campos de concentração. Na realidade, essa contribuição era  de pilhagem, expropriações e de humilhações, primeira etapa da aniquilação da “burguesia enquanto classe”.  “De acordo com as resoluções do soviete de trabalhadores, esse 13 de maio foi decretado como um dia de expropriação da burguesia, lia-se nos Izvestia do Conselho de Deputados Operários de Odessa de 13 de maio de 1919. As classes abastadas deverão preencher um questionário detalhado, relacionando os produtos alimentares, os calçados, as roupas, as jóias, as bicicletas, os cobertores, os lençóis, a prataria, as louças e outros objetos indispensáveis ao povo trabalhador. [...] Todos devem auxiliar as comissões de expropriação nessa tarefa sagrada. Os que não obedecerem às ordens das comissões de expropriação serão imediatamente detidos. Os que resistirem serão fuzilados no ato.” 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A NOVA MODALIDADE DE TRANSPORTE NO RIO.

Este equipamento, um submarino, será o meio de transporte doravante em dias de chuva intensa no Centro do Rio. A foto mostra o exemplar ope...