segunda-feira, 13 de julho de 2015

JESUS OU BARRABÁS?

Barrabás não era um prisioneiro comum, um salteador, como fala a Bíblia. Barrabás era um preso político membro de um partido  político que fazia forte oposição aos Romanos, o  ''ZELOTE'', do qual, também era filiado outro conhecido; Judas Iscariote. Os zelotes, assim como as atuais comunistas  que odeiam os Americanos, odiavam os Romanos acusando-os de invasores e imperialistas e atacavam- nos usando táticas terroristas. BARRABÁS foi preso e condenado após participar de um ataque no qual um soldado Romano foi morto.Quando Jesus Cristo, acusado de insurreição e subversão foi depor perante o governador Romano na Palestina, PÔNCIO PILATOS, o qual ,depois de interrogá-lo não viu crimes nenhum para sua condenação. Mas o povão, reunido na praça central presente ao julgamento vociferava contra o prisioneiro exigindo sua crucifixão. Pilatos tentou uma saída para agradar a fúria do populacho, entregando  Jesus para a turba e mandou flagelá-lo acreditando que aquela multidão se comoveria. Mas, nada disso aconteceu. Pressionado, Pilatos tentou um último recurso, chamando BARRABÁS, e, de acordo com a tradição Judaica, concedeu ao povo enfurecido o direito de escolher um dos dois acusado que seria crucificado. O POVÃO MANIFESTOU-SE EM MAIORIA ABSOLUTA PELA CRUCIFIXÃO DE JESUS CRISTO e, consequentemente pela liberdade de BARRABÁS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LULA E OS PROGRAMAS SOCIAIS E A LADROAGEM.

''Pelo alto grau de empobrecimento da população brasileira ela é conduzida a pensar pelo estômago, e não com a cabeça.É por isso qu...