sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Presidente da CUT repete o comício de Jango na Central em 1964.

Pelo que entendi, a CUT deve ter muitas armas estocadas clandestinamente (alô PF, alô, como é que fica isso?)  o que é um crime gravíssimo e merece, inclusive, que outros órgãos averiguem  e, se for o caso, prender os dirigentes e enquadrá-los em crime contra a paz pública e a manutenção de exército paralelo. O tal se chama Vagner Freitas e, sem papas na língua ou meias palavras e  na frente da presidente Dilma mandou ver: defendeu   a presidente Dilma Rousseff  e pediu aos movimentos sociais a ida à rua entrincheirados, com armas na mão, se tentarem derrubá-la". O tal, agora como um General das forças clandestunas, assim como  os outros que o antecederam, fez pesadas críticas ao ajuste fiscal e ao mercado financeiro.  O mercado nunca deu e nunca dará sustentação ao seu governo. O povo dá sustentação ao seu governo.Queremos também que governe com a pauta que ganhamos na eleição passada e não com recessão ,    disse o poderoso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOVERNO PRÓ BANDIDO

''Nunca se deve deixar que aconteça uma desordem para evitar uma guerra, pois ela é inevitável, mas, sendo protelada, resulta em tua...