terça-feira, 11 de agosto de 2015

PROPOSTA BÍBLICA P/A CRIMINALIDADE JUVENIL

A questão do limite a partir da qual o jovem infrator deve ser criminalizado está contaminada por clichês ideológicos potencializados pelo primado do politicamente correto. Tudo isso vem de uma mesma ''sociologia'' que não oferece soluções eficazes e sequer razoáveis. O argumento imbecilizado em voga é de que, não se pode reduzir o limite da inimputabilidade penal porque isso significaria manter os jovens nim sistema penitenciário falido ,violento corrupto ,inoperante e falido. Ótimo! Se isso é verdade, a decorrência é uma ode e uma convocação à leniência. Não é possível que um problema seja a razão do agravamento de outro.Na Bíblia, em DEUTERONÔMIO, Cap. 21: 18 e 21 está a proposta radical para a solução da criminalidade juvenil: “Se alguém tiver um filho rebelde e incorrigível, que não obedece ao pai e mãe e não os ouve, nem quando o corrigem, o pai e a mãe o pegarão e o levarão aos anciãos da cidade para ser julgado. E dirão aos anciãos da cidade: “Este nosso filho é rebelde e incorrigível: não nos obedece, é devasso e beberrão”. E ENTÃO TODOS OS HOMENS DA CIDADE O APEDREJARÃO ATÉ QUE MORRA. Desse modo, você eliminará o mal do seu meio, e todo o Israel ouvirá e ficará com medo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comunistas incentivam e glamourizam os criminosos.

GLAMOURIZIÇÃO DO CRIME:                                                                                                        Não é verda...