domingo, 10 de julho de 2016

O milagre no combate à criminalidade juvenil nos EUA.

No final da década de 80 do Século passado, os EUA viviam uma situação pior que a do Brasil na questão da criminalidade juvenil. À época, 1990, o presidente Clinton disse : "Sabemos que , se não revertemos a escalada do crime juvenil nosso país irá mergulhar no caos'', Em 1993, milagrosamente, a criminalidade juvenil começou a cair, chegando, a cair em 60% já em 1995. Os americanos não mataram não educaram e nem prenderam os adolescentes infratores, Nada disso! Apenas impediram que eles nascessem, a partir de 1973, ampliando e incentivando o aborto para casais sem condições de ter filhos. Calcula-se ,por baixo, que, de 1973 até 1990, cerca de 2.7 milhões de menores potencialmente criminosos deixaram de nascer. O autor do estudo, que não foi contestado cientificamente é Steven D. Levitt que leciona economia na Universidade de Chicago e recebeu recentemente a Medalha John Bates Clark, concedida a cada dois anos ao melhor economista americano de menos de quarenta anosxTodo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A FÓRMULA DA ESQUERDA DE MINAR A DEMOCRACIA.

A democracia não se configura tão somente pelas eleições diretas. O que caracterizada a democracia é uma complexa rede de direitos, obrigaç...