segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

COMO RESOLVER O CAOS DO RIO. FÁCIL ,FÁCIL

A crise que vive os Estados e principalmente o Rio ,poderá sim, ter solução rápida e tudo continuar como está; todos os servidores se aposentando aos 45 anos e a segurança pública terá reajustes acima da inflação, com horas extras e demais acréscimos salariais. Para isso basta apenas que o Barril de petróleo chegue novamente em torno dos 150 dólares. Vai sobrar grana! O povão não ,este continua levando onde sempre levou;é, é isso mesmo ,lá mesmo , no orifício excretor. O prefeito eleito poderá, se quiser, nomear todos os pastores da sua igreja e ,se quiser, poderá até mesmo montar uma filial do seu Templo lá dentro do PIRANHÃO. Piranhão é como é conhecido o prédio da prefeitura que está localizado no antigo MANGUE onde era a ZONA de meretrício. Portanto ,rezem para que os EUA entrem em Guerra com o IRÃ e a Coreia do Norte.Se isso acontecer, estejam certos ,o petróleo poderá chegar a 300 dólares o Barril.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Ex comandante da PM do Rio aposentou-se com 48 anos.

Se você acha que o problema do Brasil é só a corrupção, está muito, mas muito mesmo, enganado.A crise aguda do Espírito Santo pode ser resolvida nos próximos dias, mas os problemas crônicos na área de segurança permanecerão presentes em todos os estados. No Rio Grande do Sul houve uma série de aumentos salariais na área de segurança. A medida foi adotada pelo governo Tarso Genro, do PT, com a aprovação de todos os partidos, na Assembleia gaúcha. Os percentuais foram acima da inflação e agravaram a crise fiscal do estado. No Rio, o governador, Luiz Fernando Pezão, diz que é comum aposentadorias na faixa de 48 anos entre policiais e bombeiros do estado. O ex-comandante geral da PM, coronel Pinheiro, já estava na reserva aos 48 anos.* O mesmo problema ocorre no Espírito Santo. Em São Paulo, para cada um coronel da ativa há 22 inativos***.
*** Em São Paulo, para cada coronel da ativa há 22 inativos. 
* O ex comandante da PM do Rio, Coronel Pínheiro, aos 48 anos já estava aposentado.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

A SAÚDE PÚBLICA NÃO TEM SOLUÇÃO.

Vamos insistir na verdade.
O caos na saúde pública no Brasil é INSANÁVEL e ,com certeza, vai deterior mais ainda, A crise não se deve somente à falta de dinheiro(tem muito) e nem começou repentinamente, lembra o especialista em orçamento público da UNB, o professor José Matias Ferreira. Os governos, em todas as instâncias, aproveitaram o período de bonança da década de 10, do início do Século para conceder benefícios aos funcionários. Em Brasília, por exemplo, segundo o professor, de todo o orçamento da saúde, 83% é usado para pagamento de pessoal que trabalham apenas 20h por semana .E o governador não pode fazer nada uma vez que a lei proíbe demitir funcionários concursados. Ou seja, é típico caso que denunciamos todos os dias; o Brasil, fora a burguesia, só existe para os SERVIDORES públicos. A semana inteira tem 168 horas, com servidores trabalhando apenas 20 fica um déficit de 8.4 vezes de pessoal. Se o governo tentasse resolver terai que aumentar em mais 320% orçamento só para pagar o funcionalismo.

CEGUEIRA DELIBERADA/LULA E DILMA?

Lula inaugurou  o ''eu não sabia'' no mensalão.Os dois maiores esquema de corrupção  do país prosperaram nos seus dois gove...