sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Ex comandante da PM do Rio aposentou-se com 48 anos.

Se você acha que o problema do Brasil é só a corrupção, está muito, mas muito mesmo, enganado.A crise aguda do Espírito Santo pode ser resolvida nos próximos dias, mas os problemas crônicos na área de segurança permanecerão presentes em todos os estados. No Rio Grande do Sul houve uma série de aumentos salariais na área de segurança. A medida foi adotada pelo governo Tarso Genro, do PT, com a aprovação de todos os partidos, na Assembleia gaúcha. Os percentuais foram acima da inflação e agravaram a crise fiscal do estado. No Rio, o governador, Luiz Fernando Pezão, diz que é comum aposentadorias na faixa de 48 anos entre policiais e bombeiros do estado. O ex-comandante geral da PM, coronel Pinheiro, já estava na reserva aos 48 anos.* O mesmo problema ocorre no Espírito Santo. Em São Paulo, para cada um coronel da ativa há 22 inativos***.
*** Em São Paulo, para cada coronel da ativa há 22 inativos. 
* O ex comandante da PM do Rio, Coronel Pínheiro, aos 48 anos já estava aposentado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A FÓRMULA DA ESQUERDA DE MINAR A DEMOCRACIA.

A democracia não se configura tão somente pelas eleições diretas. O que caracterizada a democracia é uma complexa rede de direitos, obrigaç...