quinta-feira, 16 de março de 2017

LULA SEMPRE FOI PELA REFORMA PREVIDENCIÁRIA.

Na edição de 20 de agosto de 2003 a  revista Veja trazia a primeira entrevista de Lula concedida após a posse. Na conversa, VEJA perguntou sobre a reação dos radicais do PT:
O PT lutava para emplacar uma reforma previdenciária e enfrentava resistência dentro do partido e, por isso teve que expulsar vários parlamentares.
A entrevista:
O senhor esperava que os radicais fossem assim tão radicais?
Lula – Eu pensava que as pessoas ligadas ao nosso projeto deveriam assumir a responsabilidade de ser governo. Mas percebi que elas escolheram outro caminho. Que o sigam. A opção delas é legítima e o povo julgará quem está certo.
Soube-se que o senhor ficou especialmente decepcionado com a senadora Heloísa Helena…
Não fiquei chateado. Quando eu comecei minha vida política, aprendi que tem determinado tipo de gente que é melhor ficar contra você do que a favor. Em 1979, o Celso Furtado me disse uma coisa que permeou minha vida até agora. Ele disse: “Lula, não se preocupe com o que os ultra-esquerdistas falam. Porque, no fundo, eles são um alerta do caminho que você não deve seguir. Mas, ao mesmo tempo, não permitem que você vá muito para a direita”. No fundo, eles te ajudam a continuar no caminho do meio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A FÓRMULA DA ESQUERDA DE MINAR A DEMOCRACIA.

A democracia não se configura tão somente pelas eleições diretas. O que caracterizada a democracia é uma complexa rede de direitos, obrigaç...