sábado, 18 de julho de 2015

LULA E SUA BRONCA CONTA A IMPRENSA.

Está acontecendo muita coisa boa nesse país. Eu, às vezes, fico triste porque eu vejo televisão; começa de manhã, seis e quinze da manhã, eu estou vendo televisão, o cara já fala assalto não sei onde, morte não sei onde, batida não sei onde. Será que não nasceu uma criança hoje no Brasil; será que ninguém foi bem atendido em algum lugar; será que não há uma coisa boa pra gente mostrar sempre os dois lados da moeda’'
Lula reclamando da imprensa.
Errado Lula. Tudo isso que o Sr. falou nãoé,jornalisticamente falando, notícia. O trivial,  o dia a dia, não interessam aos leitores. Não há porque, por exemplo, Sr. Lula, dar destaque a uma viagem normal de um avião, mas se o avião sofrer um acidente, aí sim,  Sr.Lula, vira notícia. Aliás Sr.Lula, parece-me que o Sr, está propondo uma forma de propagandear os feitos ''positivos'' administrativos do poder, ou governo, seja lá como for e, isso é propaganda.Toda notícia agradável e ''boa'' em favor da administração pública deve ser, de imediato entendida como suspeita.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

QUEM ENGANA SEMPRE ENCONTRA QUEM SE DEIXE ENGANAR.

Logo, um príncipe prudente não pode nem deve guardar sua
palavra, quando isso seja prejudicial aos seus interesses e quando desapareceram as causas que o levaram a empenhá-la. Se todos os homens fossem bons, este preceito seria mau; mas porque são maus e não observariam a sua fé a teu respeito, não há razão para que a cumpras para com eles. Jamais faltaram a um príncipe razões legítimas para justificar a sua quebra da palavra. Disto poder-se-ia dar inúmeros exemplos modernos, mostrar quantas pazes e quantas promessas foram tornadas írritas e vãs pela infidelidade dos príncipes; e aquele que, com mais perfeição, soube agir como a raposa, saiu-se melhor.
MAS É NECESSÁRIO SABER BEM DISFARÇAR ESTA QUALIDADE E SER GRANDE SIMULADOR E DISSIMULADO:                                                                                     Tão simples são os homens e de tal forma cedem às necessidades presentes, que aquele que engana sempre encontrará quem se deixe enganar.

A POBRE ETIÓPIA É MAIS JUSTA QUE O BRASIL

 O Brasil gasta com o funcionalismo do que os EUA, França, Portugal e Austrália. Infelizmente, no entanto, isso não se deve a um inchaço ou...