quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

A PRAGA CORPORATIVISTA.

Ou o Brasil acaba com as saúvas ou estas acabam com o Brasil, dizia-se em tempos passados.  Atualmente pode-se aplicar o princípio às poderosas corporações que se articulam para auferir vantagens  em detrimento da sociedade. Na idade média e até mesmo na Itália de Mussolini estas corporações já existiam e dominavam as profissões e os cargos disponíveis no aparato estatal. As profissões só poderiam ser exercidas pelos membros destas seitas sagradas. No Brasil  atual, a ação desses grupos se expandiu no PETISMO que proporcionou altos salários e super aposentadorias para seus afiliados ,os quais formavam, e formam, uma milícia que mantem o partido no poder. Veio então, como não poderia deixar de ser a corrupção sistêmica, e com ela a falência do tesouro. Toda esta orgia acaba prejudicando os pobres, os verdadeiros trabalhadores. A nação precisa urgentemente despertar desta letargia e reagir fortemente contra essa realidade nojenta e cruel e acabar de vez com os estragos desses grupos privilegiados. Acabar com essa praga é fundamental.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

A PERDA DA VIRGINDADE NÃO ANULA MAIS CASAMENTO.


A perda da virgindade feminina não é mais motivo para anulação de casamento.De acordo com o antigo código civil era possível se pleitear no judiciário a anulação do casamento em casos onde o marido descobria posteriormente que sua esposa não era mais virgem. Era usado o dispositivo que consta no artigo 1557, I do nosso código que diz respeito ao erro essencial sobre a pessoa do outro conjugue. No entanto, esta lei fere o princípios Constitucional do Art.5º, que coloca como iguais para todos os efeitos, o homem e a mulher. SENDO ASSIM, EM NOSSOS DIAS, A MULHER TEM A MESMA LIBERDADE SEXUAL QUE O HOMEM, INCLUSIVE FORA DO CASAMENTO.
Diante disso, no Rio já há casas de prostituição de homens(Zonas) que atuam como ''profissionais do sexo'' que  antigamente chamávamos de PUTAS,onde as mulheres, casadas, solteiras, menores , podem frequentar e mediante pagamento, transar com quem escolher e sem dar satisfações a ninguém.

A POBRE ETIÓPIA É MAIS JUSTA QUE O BRASIL

 O Brasil gasta com o funcionalismo do que os EUA, França, Portugal e Austrália. Infelizmente, no entanto, isso não se deve a um inchaço ou...