segunda-feira, 13 de julho de 2015

QUEM ENGANA SEMPRE ENCONTRA QUEM SE DEIXE ENGANAR.

Logo, um príncipe prudente não pode nem deve guardar sua
palavra, quando isso seja prejudicial aos seus interesses e quando desapareceram as causas que o levaram a empenhá-la. Se todos os homens fossem bons, este preceito seria mau; mas porque são maus e não observariam a sua fé a teu respeito, não há razão para que a cumpras para com eles. Jamais faltaram a um príncipe razões legítimas para justificar a sua quebra da palavra. Disto poder-se-ia dar inúmeros exemplos modernos, mostrar quantas pazes e quantas promessas foram tornadas írritas e vãs pela infidelidade dos príncipes; e aquele que, com mais perfeição, soube agir como a raposa, saiu-se melhor.
MAS É NECESSÁRIO SABER BEM DISFARÇAR ESTA QUALIDADE E SER GRANDE SIMULADOR E DISSIMULADO:                                                                                     Tão simples são os homens e de tal forma cedem às necessidades presentes, que aquele que engana sempre encontrará quem se deixe enganar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A FÓRMULA DA ESQUERDA DE MINAR A DEMOCRACIA.

A democracia não se configura tão somente pelas eleições diretas. O que caracterizada a democracia é uma complexa rede de direitos, obrigaç...