quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

A PRAGA CORPORATIVISTA.

Ou o Brasil acaba com as saúvas ou estas acabam com o Brasil, dizia-se em tempos passados.  Atualmente pode-se aplicar o princípio às poderosas corporações que se articulam para auferir vantagens  em detrimento da sociedade. Na idade média e até mesmo na Itália de Mussolini estas corporações já existiam e dominavam as profissões e os cargos disponíveis no aparato estatal. As profissões só poderiam ser exercidas pelos membros destas seitas sagradas. No Brasil  atual, a ação desses grupos se expandiu no PETISMO que proporcionou altos salários e super aposentadorias para seus afiliados ,os quais formavam, e formam, uma milícia que mantem o partido no poder. Veio então, como não poderia deixar de ser a corrupção sistêmica, e com ela a falência do tesouro. Toda esta orgia acaba prejudicando os pobres, os verdadeiros trabalhadores. A nação precisa urgentemente despertar desta letargia e reagir fortemente contra essa realidade nojenta e cruel e acabar de vez com os estragos desses grupos privilegiados. Acabar com essa praga é fundamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CRISTO E A PROFECIA DO FIM DO MUNDO.

MARCOS 13 2 E, respondendo Jesus, disse-lhe: Vês estes grandes edifícios? Não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada. 3 E, assen...